A odisséia da Família Seibel no Estado de Espírito Santo
A origem do nome

O sobrenome germânico Seibel parece ser derivado de “Siba”, uma abreviatura de nomes germânicos antigos como Sigibrand ou Sigiberth, com alguma referência a feitos de guerra. As variações do sobrenome incluem outras denominações, como Seible, Sypel, Seibke, Seippel, Siebe, Sepp entre outros.

Uma das mais antigas referências a este sobrenome, data de 1349 e cita um determinado Sifridus dictus Sypel, alfaiate da côrte de Worms.

O brasão mais antigo relacionado com este sobrenome também parece desta época e teria sido concedido a este antecessor da família Seibel.

Ainda há uma referência, datada de 1409, a um Sipel Streckbein, conforme alguns documentos encontrados na cidade de Frankfurt.

Mais tarde, já em Hamm, foi concedido o direito ao uso de um outro brasão, ainda hoje guardado pelos remanescentes dos Seibels residentes na casa número 15, da rua Fischergasse, em Hamm am Rhein.

Um outro ramo de Seibels, radicado nos Estados Unidos da América, divulgou um terceiro modelo de brasão, já bem mais elaborado e que teria sido concedido a um outro ramo da família.